quarta-feira, 10 de maio de 2017

Chafariz da Fonte Santa




Eduardo Portugal, Chafariz da Fonte Santa, 1939
fotografia do Arquivo Municipal de Lisboa | fotográfico
O Chafariz da Fonte Santa, com data de construção e arquitecto desconhecidos, localiza-se na rua Possidónio da Silva, entre os bairros da Estrela e de Alcântara, sendo o único chafariz, em Lisboa, com a designação de Fonte Santa. O seu nome deve-se à fama das virtudes medicinais da sua água. Segundo reza a crença popular apareceu há cinco séculos, no cimo da encosta do Vale de Alcântara para os Prazeres, perto de uma mina de água, a imagem de uma Santa.  Foi baptizada pelos populares Fonte Santa, porque os devotos da Santa, esperando a cura milagrosa, ali iam para lavar as feridas, os olhos, e beber água. No final do séc. XVI, o chafariz da Fonte Santa com as duas bicas e dois tanques, integrava a Quinta dos Prazeres, que  foi enfermaria de pestíferos depois da epidemia de 1598. 
A água da mina era sulfatada cálcica, mas, a partir do século XIX, a sua proximidade do cemitério e o seu teor nitratado vedou-a ao consumo público, passando o chafariz a ser alimentado por outra conduta. No local da ermida foi construída a taberna do João da Ermida. O chafariz tornou-se, então, num espaço de encontro dos operários e dos marujos, que aí descansavam depois de se saciarem na dita taberna.
Actualmente, possui apenas um tanque de recepção de águas com a respectiva bica, que surge encimada por um baixo relevo em calcário com as armas da cidade. Da fachada simples, destaca-se o remate invulgar "em quilha", à semelhança de um frontão de igreja setecentista em forma de arco abatido, coroado por uma cruz, cuja peanha evidencia o ano de 1735, data provável da reconstrução que lhe deu o aspecto actual. Do lado direito da fonte existem umas escadas de acesso.
Com base na informação recolhida AQUI e AQUI
Imagens do Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico


Eduardo Portugal, Chafariz da Fonte Santa, caravela 1951
fotografia do Arquivo Municipal de Lisboa | fotográfico



Eduardo Portugal, Chafariz da Fonte Santa, 1939
fotografia do Arquivo Municipal de Lisboa | fotográfico

Sem comentários:

Enviar um comentário