quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Linho


30 de Dezembro

A vida é tecida como o linho: um fio de dor, um fio de ternura. Eu intrometo-lhe sempre um fio de sonho. Foi o que me perdeu.


Raul Brandão, Húmus



fotografia de Artur Pastor
[Arquivo Municipal de Lisboa | Núcleo Fotográfico]



fotografia de Artur Pastor
[Arquivo Municipal de Lisboa | Núcleo Fotográfico]

Sem comentários:

Enviar um comentário